Dia da Mulher – Meu dia é todos os dias

Dia da Mulher – Meu dia é todos os dias

Dia 8 de Março é uma data que nos lembra a um acontecimento muito triste que ocorreu em 1911, onde mulheres morreram carbonizadas dentro de uma fábrica. A luta que as mulheres começaram nesta época repercute até hoje e ainda vivemos um cenário absurdo onde a divisão de gênero masculino e feminino são tratados com desigualdade.

O evento, entretanto, foi criado antes mesmo deste fato ocorrer, por exemplo: Nos Estados Unidos, o primeiro Dia Nacional das Mulheres ocorreu em maio de 1908, em uma luta pela igualdade econômica e política. Apenas em 1977, entretanto, o dia 8 de março seria reconhecido pelas Nações Unidas.

Toda mulher tem uma vida de lutas pela frente. Algumas sofrem diariamente na pele o peso da desigualdade e do preconceito, mas todas nós em algum momento passamos por situações bem difíceis. Desde “piadinhas” até agressões verbais e físicas, somos condicionadas pela sociedade a aceitar situações incomodas e dar a outra face, ainda que seja só a nossa face a receber destrato. Seja o “fiu fiu” ou aquele salario bem abaixo do que seria justo, ou até mesmo ao “poxa cade seu namorado?” quando você decide sair sozinha.

Aprendi como mulher que existem muitas formas de tentarem nos rebaixar. Não quero ser a mais bonita, ou a boa esposa, a boa nora, a que é exímia dona de casa, ou até mesmo a que se enturma com garotos porque é “maria moleque”. Eu quero ter uma boa família, amigos, conquistas e uma vida da qual sou protagonista. Quero isso para todas nós, mulheres que tem seu lar, seu ofício e seus sonhos.

Eu quero ter essa parcela do sol que brilha no céu, o meu direito de ir e vir, a oportunidade de sempre aprender nessa vida, de escolher meus amores e até mesmo minhas decepções. Quero que minha opinião seja ouvida porque sou alguém como qualquer outro alguém que merece respeito, não porque “facilitei” ou porque “instiguei” alguém a algo. Quero escolher minhas roupas, meu palavreado, a música que escuto e os lugares que frequento. Quero que entendam que meu marido é meu companheiro, e que se ele gosta de mim do jeito que sou é porque eu me moldei assim e ele enxerga e respeita isso. Quero que minhas amigas possam ter casamentos maravilhosos, e mesmo assim construírem coisas mais maravilhosas ainda para si. Quero ser livre para ser quem gosto de ser e no momento que parar de gostar poder ser alguém completamente novo.

Todo dia deve ser o dia para que eu possa escrever uma nova história. E para que essa história tenha significado, lembrem do quanto podemos construir, do quão forte somos, em nossa dedicação e em nossos direitos.

Feliz dia 8 de março garotas! E parabéns a grande mulher que você já é!

Sarah Campos

Sarah Campos

Fundadora do Sahssaricando. Vive com a cabeça no mundo da lua, parou no tempo do Balão Mágico e tem alma oitentinha. Gosta de assuntos bons o suficiente para render horas de conversa e é uma eterna aprendiz da vida.
Sarah Campos

Últimos posts por Sarah Campos (exibir todos)