Como se preparar para uma caminhada de 4 KM

Como se preparar para uma caminhada de 4 KM

Neste fim de semana ocorrerá em São Paulo a Corrida da Mulher Maravilha, e eu como fã da heroína me inscrevi para a caminha de 4km. Hoje vou contar algumas das coisas que fiz nos ultimos 5 meses para me preparar para a prova.

Dizem que caminhar é fácil. Eu acredito que mesmo atividades consideradas mais  moderadas necessitam de uma atenção especial, e caminhar um percurso longo requer uma preparação mesmo que simples, principalmente se a pessoa (no caso eu mesma) não é adepta de uma atividade física.

Uma das coisas que aprendi foi a desenvolver o costume de caminhar. Por  morar em uma cidade litorânea, posso aproveitar o calçadão da praia para essa atividade. Comecei com meia hora, e logo fui aumentando o tempo e trajeto.

A primeira coisa que aprendi foi a controlar melhor a respiração. A respiração pela boca é a melhor opção para ser coordenada a uma atividade física. Como a necessidade de ventilação é maior estando em  movimento, o nariz não aguenta atender essa demanda, e por isso, muita gente costuma abrir a boca para respirar, porque traz mais conforto durante a atividade. Eu aprendi a respirar pela boca e senti bem menos dores e cansaço para terminar os trajetos.

Outra coisa que também me ajudou bastante a aumentar a distancia da caminhada foi o compasso. Eu coloquei um tempo de caminhada que não fosse muito rápido, aquela agitação para acabar logo o que estava fazendo, fui desfrutando do caminho, e quando percebi estava pegando gosto.

Aprendi também a não beber tanta água antes e depois da atividade, porque isso pode machucar o abdômen. Saciar a sede várias vezes é melhor do que virar o gargalo. Sem contar que dependendo de onde se esta caminhando não é próximo de um sanitário.

A roupa mais confortável é praxe, algo que todo mundo já sabe e preza. Mas por exemplo em dias frios não tem jeito, acabo usando um moletom e no final do percurso já estou morrendo de calor. Isso também foi algo que me alertaram sobre tomar cuidado para não me resfriar tirando e colocando casaco entre uma atividade ou outra. Nossa temperatura corpórea muda quando estamos fazendo atividades físicas mas o clima não.

Me consultei com profissionais esportistas que me indicaram algumas coisas para o dia da prova em si. Aqui vai:

Antes da Prova

Tomar um café da manhã bem balanceado pelo menos 1h antes de começar o percurso. Menos do que isso pode trazer desconforto.

Fazer um alongamento nas pernas antes de começar o percurso. Cinco minutos esticando as pernas, os braços, deixando o corpo preparado para entrar em movimento.

Não mudar a velocidade do passo o tempo todo. Quando sentir necessidade de parar, não ficar muito tempo pois esfria o corpo, mas também não ter pressa para terminar, saiba o limite do seu estado físico.

Ao terminar o trajeto faça mais um alongamento para ir esfriando o corpo aos poucos e descansar.

Depois da Prova

Não comer algo muito pesado após a prova. Espere um pouco o corpo esfriar, um descanso e aí sim coma alguma coisa.

No caso de câimbras e dores musculares, sente e faça uma massagem local. Salompas e Calminex costumam ajudar, mas cuidado com o uso excessivo. Se a dor for insuportável melhor ver um fisioterapeuta.

Hidrate-se! Mesmo que devagar, recuperando o folego.

Essas foram as dicas que me passaram e que fui desenvolvendo. Fica aqui uma sugestão, lembrando sempre que consultar um profissional é sempre ideal para se tirar duvidas. Este texto é só uma base de uma pessoa que testou, não sou profissional e por isso te indico um para tirar mais dúvidas.

E vamos ver como vou me sair nesta prova de domingo! Estou muito ansiosa!!! Acompanhe pelas nossas redes!

Imagem: luciliadiniz.com
Sarah Campos

Sarah Campos

Fundadora do Sahssaricando. Vive com a cabeça no mundo da lua, parou no tempo do Balão Mágico e tem alma oitentinha. Gosta de assuntos bons o suficiente para render horas de conversa e é uma eterna aprendiz da vida.
Sarah Campos

Últimos posts por Sarah Campos (exibir todos)