5 passos para alcançar o amor próprio

5 passos para alcançar o amor próprio

“Conhece a Ti Mesmo”.

Muitos já escutaram essa frase, considerada um aforismo grego muito importante da Filosofia. Aforismo é o termo que damos a uma sentença máxima, uma frase que exime em poucas palavras uma regra clara. O auto conhecimento é crucial para o discernimento do ser, trazendo para si o esclarecimento necessário para tornar todas as suas atuações competentes.

Esta frase está muito ligada ao amor próprio também. Afinal, só podemos amar aquilo que temos conhecimento. Quanto mais analisamos quem somos e compreendemos nossos gostos, ideias, apreços e sonhos, mais conseguimos nos posicionar melhor em nossa vida. O amor próprio é uma prática diária e que requer muita paciência, transformando nosso intimo por completo.

Somos como um quebra-cabeça, onde cada parte é importante para se ver o cenário completo. Abaixo deixo cinco maneiras que aprendi a conquistar o amor por mim mesma.

Tire um tempo

Costumo falar em muitos dos meus posts que preciso de tempo. O tempo para mim é algo muito importante, nesses momentos “off” eu consigo não só descansar mas também fazer uma auto avaliação da minha vida. São momentos em que fico isolada e aproveito para resgatar uma conversa comigo mesma, limpo a mente e medito.

Sim, gosto de meditar. De ficar em um silencio confortável e deixar a mente fluir leve. Quando aprendi que dar um tempo e recarregar as energias era importante comecei a exercer as coisas de forma mais eficientes em meu dia-a-dia. E sempre que sinto que estou próxima a “esgotar” volto para esse refugio para um processo de fortalecimento.

Esse tempo off pode ser feito de varias formas. A que mais for agradável. Meditação, uma caminhada na praia, vale até arrastar os móveis da sala e abrir espaço para cantar e dançar. Qualquer coisa que você possa fazer em sua própria companhia para ir descobrindo como você pode se sentir bem só. Este foi meu primeiro passo : lidar comigo mesma e estar comigo mesma antes de querer estar com os outros.

Cuide das feridas e se perdoe

O mesmo vale para os dias mais pesados. Eu não insisto em correr enquanto estiver cansada. O cotidiano pode até nos cobrar mas nós mesmos podemos controlar a intensidade e velocidade desse cotidiano. Muito nos faz sofrer, muito nos suga, e a cobrança persiste.

Nesse processo de avaliação é preciso reconhecer que somos falhos e podemos errar, da mesma forma que os outros são falhos e também erram. Assim podemos alcançar o perdão, administrar a raiva e administrar os sentimentos. Não vou negar, é um processo bem difícil, porém se você se permitir é capaz de aprender a se cobrar menos emocionalmente sem parar de cobrar de maneira benéfica sua conduta. Temos que ser responsáveis pelo nosso caminho, mas isso não precisa ser sufocante. É só alcançar a medida certa.

Reconheça seus erros e perdoe-os, não seja um carrasco da sua própria vida.

Mude o que deve ser mudado

Após reconhecer o erro e perdoá-lo é preciso enfrentar a situação. O perdão não apaga o que é feito, ele nos da mais um voto de confiança para sermos melhores. Então mude o que precisa ser mudado, e se não tiver jeito aprenda a dizer adeus.

Ninguém deve manter em si aquilo que não agrega. Não importa o que seja. Um relacionamento nocivo, um amizade falsa, um trabalho que não o faz feliz. Todas as situações do cotidiano devem ser avaliadas, as nossas e a dos demais.

Algo que tire a paz não é nada além de peso morto. Podemos ou tentar resolver ou desopilar. Mas as ações precisam ser diferentes para obter resultados diferentes.

Separe o que é opinião de julgamento

O processo de conhecer a si próprio deve ser livre de interrupções externas. Acredito que primeiro ouvimos a nós mesmos para depois somar aos demais. Se o processo é contrário não faz sentido.

Sua opinião é sua ou é a reprodução de alguém?

É importante saber que por mais que a gente sempre sofra influencias externas elas não podem se misturar a sua própria maneira de enxergar a vida. Somar não é substituir, é agregar algo que já se possui. Possua a si e seu pensamentos antes de querer agregar o externo. Não force e não deixe te forçarem, o processo deve ser natural.

Planeje o futuro, mas também viva o presente

Não podemos andar sem calcular o caminho. Tudo o que ocorre até aqui te molda para quem você será mais para frente. Nessa trajetória a unica certeza que temos é que um dia ela acaba, e é nosso dever e direito aproveitar o máximo que podemos e alcançar o máximo de objetivos e felicidade.

O caminho é grande parte da viagem toda. O momento que você escolhe viver, como escolhe vivê-lo vai ficar gravado em sua vida e quando menos percebemos ele só é uma lembrança…. ou um trauma.

Como você quer lembrar deste dia daqui a 5 anos?

Projete o que você deseja e comece a partir de agora a aproveitar o que se pode. O objetivo vai ser alcançado quando dermos prioridades a nós.

Eu entendo o amor próprio como um processo de aprendizado. Quanto mais me conheço mais consigo me amar, me aceitar e respeitar. Gosto das minhas escolhas, gosto da maneira que consigo resolver um problema, e principalmente amo saber que sou de alguma forma única escrevendo uma história como tantas outras pessoas estão.

É maravilhoso eu ter a mim e saber que tenho a força necessária para enfrentar obstáculos, posso aproveitar de momentos sozinha fazendo coisas legais e sou hoje minha melhor amiga. Quando aprendi a me amar aprendi a amar de maneira melhor meu marido, a minha casa, minhas atividades, as pessoas que me cercam.

Criei um respeito maior a individualidade de cada um. Não me moldando para ser aceita e nem exigindo que se moldassem a mim. Me sinto livre e desejo liberdade ao próximo, não crio expectativas desnecessárias e mantenho esperança em uma amanhã melhor.

Se amar é somar uma boa energia no universo. É cuidar de si e deixar a vida plena.

Imagens : Reprodução
Sarah Campos

Sarah Campos

Fundadora do Sahssaricando. Vive com a cabeça no mundo da lua, parou no tempo do Balão Mágico e tem alma oitentinha. Gosta de assuntos bons o suficiente para render horas de conversa e é uma eterna aprendiz da vida.
Sarah Campos

Últimos posts por Sarah Campos (exibir todos)